Conhecimento Integrado

Por Renata Veríssimo

English Version

Foi realmente inspirador! O HACKEMTU, organizado pela EMTU/SP, startup Scipopulis e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) no último final de semana (7-8 de abril) nos mostrou como é possível a troca do mais alto nível de conhecimento em transporte público com jovens empresas e universitários ávidos por apresentarem soluções á sociedade. O HACKEMTU foi mais uma ação do laboratório metropolitano de inovação da EMTU, o ELAB – Experimentos em Transportes que pretende ser um hub de conhecimento para o setor como um fomentador de inovação para a mobilidade urbana metropolitana.

O evento aconteceu no Parque Científico e Tecnológico da Unicamp, em Campinas, São Paulo. Reuniu mais de 130 técnicos, engenheiros, designers e desenvolvedores em busca de soluções para uma mobilidade sustentável tendo o transporte público como vetor.

O grupo Vila Oculta Hacka venceu a competição e um dos integrantes irá representar o Brasil no 2nd Global Internacional Hackathon Dubai 2018, nos Emirados Árabes Unidos. Após 34 horas o grupo sugeriu um app em que os usuários dos ônibus metropolitanos poderão contribuir com a fiscalização da EMTU, valendo-se de inteligência artificial. Os códigos criados  serão capazes de tratar a informação massiva sobre a rotina operacional. Jordão Bragantini será o felizardo que participarão do evento internacional com representantes de outros 25 países.

Uma iniciativa da Youth For Public Transport Foundation (Y4PT), da Associação Internacional de Transportes Públicos e da EMTU, o HACKEMTU recebeu apoio de mais de 10 empresas do setor público e privado de transportes e da Fundação Seade.

Roberto Speicys (Scipopulis) and Octávio Vasques (Datalab of Serasa Experience) mostraram  que é possível fazer o gerenciamento do transporte público de maneira dinâmica, após as duas empresas terem integrado e analisado dados socioeconômicos anonimizados da população da capital paulista e dados históricos do sistema público de transportes do município. Os resultados são inacreditáveis.

Atualmente o ELAB – Experimentos em Transportes está trabalhando com quatro grupos provenientes de diferentes universidades. Um dos projetos, Milênio Bus, que está contando os passageiros no embarque e desembarque e subindo esta informação em tempo real para um app, venceu recentemente a edição do HackBrazil, no evento Brazil Conference em Harvard & MIT.

Os números do HACKEMTU:

Inscritos: 189

participantes: 59

Grupos: 14

Duração: 34 horas

Engajamento profissional: + 70 mentores

Engajamento corporativo: + 10 empresas

Parceria Institucional: UITP and InovaUnicamp

Parceria em Dados Abertos: EMDEC (Campinas) and Fundação Seade

Patrocinadores e apoiadores: PRODATA Mobility Brasil, Autopass, Fresp, Transfretur

Integração setorial: Transporte Público, Acadêmico e Ecossistema de Inovação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s